A  Casa

A Casa D. Nuno-TH pela sua beleza e arquitetura singular foi descrita pelo Historiador  TÚLIO ESPANCA, no Inventário Artístico de Portugal da Academia Nacional de Belas Artes. como a antiga botica de Monsaraz:

“ A RUA DO CASTELO, presentemente denominada de JOSÉ FERNANDES CAEIRO, em homenagem a este benemérito da freguesia, mantém, com iguais características, as frontarias imobiliárias cheias de graça e encantamento populista, evidenciando-se a antiga BOTICA DE MONSARAZ. Tem Portal granítico, de verga rebaixada e frente de sobrados composta por duas janelas de sacada, com ferragem batida, de vergalhões cilíndricos, anelados e tulipas angulares. A loja de Entrada, muito ampla, destinada ao público, é de um pitoresco extraordinário. Pavimentada por lages irregulares de ardósia, conserva imponente lareira alteada por friso lobulado, balcão de acesso ao andar superior e terraço constituído por parapeito desenhado com placas geometrizantes, escalonadas e acompanhando o movimento dos degraus.” in: Inventário Artístico de Portugal, Distrito de Évora, 2 vols. Lisboa: Academia Nacional de Belas Artes.